Diretoria de Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) autuou, nesta quarta-feira (12), as companhias aéreas Gol, Azul e Latam em razão da falta de assistência aos consumidores que tiveram seus voos cancelados, desde às 16h horas de ontem, devido a buracos na pista do Aeroporto Internacional de Salvador. A multa pode chegar a R$ 9,5 milhões. 

A Vinci Airports também foi notificada pela ausência de informação prévia da suspensão das operações da pista de pouso.

Fiscais do órgão estiveram no aeroporto durante o dia para atendimento das denúncias dos consumidores.

Roberta Caires, diretora do órgão, entende que não há razoabilidade no tratamento dados aos consumidores uma vez que não tiveram seus direitos determinados pela ANAC atendidos.

"O direito à informação não está sendo respeitado. Após 4 horas, os consumidores têm direito a hospedagem, traslado do aeroporto-hotel-aeroporto. Na primeira hora, têm direito a alimentaçao. É constrangedor ver crianças dormindo no chão, sem ter a hipervulnerabilidade delas, prevista no Código de Defesa do Consumidor, respeitada", declarou Roberta Caires.

Consumidores que se sentirem lesados devem buscar a Codecon por meio das redes sociais, do aplicativo Codecon Mobile, ou ligando para o 156, Disque Salvador.