A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP), vistoriou 297 estabelecimentos em Salvador durante a Operação Natal, que durou do dia 13 ao dia 23 de dezembro. No total, 23 estabelecimentos irregulares foram notificados, alguns com mais de uma infração, somando 46 notificações durante toda operação.

Os agentes da CODECON encontraram irregularidades como: ausência de preço, validade e informação; não emissão de nota fiscal; falta de visibilidade do alvará de funcionamento e ausência de Código de Defesa do Consumidor (CDC).
Humberto Viana, diretor-geral da CODECON, falou sobre a operação: “A Operação Natal acontece anualmente e é fundamental para coibir práticas abusivas recorrentes neste período, como as que foram encontradas. Mas além dos nossos fiscais, contamos também com a colaboração do cidadão para denunciar possíveis irregularidades através dos canais oficiais de denúncia: aplicativo CODECON Mobile, site da CODECON ou na nossa Central Municipal de Atendimento ao Consumidor, que fica na Rua Chile, Centro”, reforçou Viana.